terça-feira, 5 de julho de 2011

Ducrest 65 mm Mle. 1906

 2w6ezh3 nvczds canonde65

O Ducrest, canhão de montanha Francês, era uma arma notável , usando um sistema  de recuo diferencial. Este sistema de recuo consistia em puxar o cano do canhão contra uma mola poderosa, ou ar comprimido e travá-lo na posição “totalmente recuada”. Ele  então era carregado e, ao acionar-se uma alavanca, o canhão saltava a frente à pressão da mola ou do ar, até chegar a posição “avançada”. Frações de segundos antes de chegar a esta posição, ele disparava e, assim, a força da explosão tinha primeiro de deter a massa do canhão que se deslocava para frente e inverter seu movimento fazendo-o recuar. Devido a esse sistema  o mecanismo de recuo podia ser simples e leve, pois a maior parte do trabalho era deter o deslocamento do canhão para frente e inverter seu movimento. Quando recuava totalmente era retido e fixado novamente na posição recuada, pronto para novo disparo. O único problema era que, se o cartucho não detonasse a força de impulsão da mola ou do ar comprimido fariam que ele embicasse no solo e além disso seu sistema de ajuste de pressão da mola ou do ar requeriam um excelente ajuste. Podia ser dividido em quatro partes e, em terrenos montanhosos, estas partes eram transportadas por mulas.

Calibre: 65 mm
Peso: 400 kg
Comprimento do Cano: 1,30 m
Ângulo de Elevação: -9º à 35º
Cadência de Tiro: 18 p/min
Velocidade do Projétil: 330 m/s
Alcance: 6.500 m

Nenhum comentário:

Postar um comentário